Seguidores

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

BEIJOS SEM AMOR




Eu acabei de decidir
Que quero naufragar em beijos
Mesmo beijos sem amor
Porque beijar é mais que bom
Porque beijar anestesia a dor
Porque beijar me deixa em torpor
Por isso decidi que quero muitos beijos
Mesmo beijos sem sentimentos, sem amor
Porque sem beijos fico perdido, fico fraco, fico sorumbático
Acho que por isso tornei-me escravo de beijos
Mesmo que todos eles sejam beijos sem amor...
Eu sei que preciso diariamente deles, desses beijos sem sabor
Uma dose inexata e ineficaz, não importa quero esses paliativos
Pois bem sei deles, preciso, afinal estou ainda vivo
Então reafirmo quero tantos e tantos beijos possa beijar
E por isso vou buscá-los seja aonde for
Mesmo que todos os beijos que terei sejam todos beijos sem amor

3 comentários:

  1. Absolutamente fantástico!
    Palavras envolventes, numa poesia reflexiva humana, romântica.. adorei o seu blog e já aderi!
    Se quiser visitar o meu e espreitar o que escrevo aqui fica o endereço

    http://lualibra.blogspot.pt/

    XOXO

    Sarah

    ResponderExcluir
  2. Oi amigo, tudo bem? Vim visitar teu blog, ler mais um de teus lindos poemas e aproveito para dizer que voltei a postar em meu blog. Convido-te a fazer uma visitinha, pois estás fazendo muita falta. Aguardo-te. Abraços do amigo Bicho do Mato.

    ResponderExcluir
  3. eu adoro beijos! sou beijoqueiro assumido!

    ResponderExcluir